Resumão — Setembro/2019

resumão - setembro 2019

Setembro passou como um caminhão por cima de mim… E para vocês como foi esse mês? Apesar dos pesares, o Blog seguiu firme e forte (mas aos trancos e barrancos por trás dos panos) e com conteúdos variados. Vamos conferir?

Resenhas postadas ao longo do mês:

Além de todas essas resenhas, também indiquei alguns livros para o Setembro Amarelo, escrevi sobre o que aconteceu na Bienal do Rio, contei porque eu gosto da Amazon, escrevi algumas divagações sobre números e, para terminar, apresentei a vocês a Escribas.  Ufa!

Com relação às leituras, esse mês acabei pisando no freio e lendo bem menos. Os livros foram:

  • Os 12 signos de Valentina (Ray Tavares)
  • Envolvente professor (Juju Figueiredo)
  • Vertigo (Marie Pessoa)

E eu ainda estou lendo:

  • A ascensão da dama da noite — As crônicas de Aljana (Luciano Maia)

Eu estou com algumas novas ideias para o Blog e espero poder trazê-las em breve para vocês, fiquem ligados!

Anúncios

Resumão — Agosto 2019

Resumão Agosto 2019

Agosto mês do desgosto? Não sei, não viu! Para mim, foi um mês de boas leituras e muito conteúdo por aqui (voltando aos poucos à rotina de publicações e conteúdos deste cantinho). Vamos conferir o que rolou?

Resenhas:

Além disso, ainda rolou por aqui o Tatianices Recomenda [18], com livros para os desafios de Agosto e também os posts de divulgação dos minicontos da autora Michelle Pereira: Arvoredo | Chifres | Banho | Protetora.

Os livros que li este mês foram:

  • #Acredite (Eliane Quintella);
  • A melodia da alma (Maya Brito);
  • Fantásticos (Nuccia de Cicco – organizadora);
  • Simplesmente amor (Juju Figueiredo);
  • Caixa de pássaros (Josh Malerman);
  • Entre girassóis (Juju Figueiredo);
  • Sobre cacos de vidro (Juju Figueiredo).

E ainda estou lendo:

  • Meu envolvente professor (Juju Figueiredo);
  • Os 12 signos de Valentina (Ray Tavares).

Outra novidade por aqui foi que resolvi criar um espaço para os parceiros: removi os banners (eram muitos já!) da lateral do blog e criei uma seção ali no topo da página, onde pude reunir todos os links importantes dos/sobre os parceiros. Não deixem de conferir!

 

 

Resumão — Julho de 2019

RESUMÃO Julho de 2019

Para muitos, Julho é um mês de férias. Para mim, foi não apenas isso, mas um mês intenso e de (re)começos. Julho foi um mês em que viajei (o que foi meu período de férias, ainda que eu não tenha descansado nada) e, logo em seguida, comecei em meu novo emprego. Um mês, portanto, intenso.

Diante de tudo isso, claro, resolvi pegar mais leve com o blog, trazendo um pouco menos de conteúdo, para tentar manter a qualidade das postagens. Com as leituras, por outro lado, consegui ser bem produtiva e gostei muito do que li esse mês.

Julho também foi mês de novas parcerias com autoras nacionais, que já começaram a aparecer por aqui! Vamos conferir o que rolou durante o mês?

Resenhas:

Além das resenhas, também trouxe indicações de livros para os desafios do mês, em Tatianices recomenda [17]; escrevi sobre o poema Rosa de Hiroshima (Vinícius de Moraes) e apresentei alguns trechos de Guardião do Medo (Michelle Pereira), no post Citações #26.

Minhas leituras ao longo de julho foram:

  • Bell Tashi: o novo mundo (Giovani Gugiel);
  • Apenas mais um CEO (Juju Figueiredo);
  • Um CEO em busca do amor (Juju Figueiredo);
  • O passado de Raya (Michelle Pereira) – conto;
  • O preço do céu (Michelle Pereira) – conto;
  • E as estrelas, quantas são? (Giulia Carcasi).

E eu ainda estou lendo:

  • #Acredite (Eliane Quintella)

E o mês de vocês, como foi?

 

Resumão de junho

Resumão de Junho

Junho já está chegando ao fim e, ao escrever esse post, me dei conta que eu praticamente  só resenhei contos por aqui durante o mês! Vamos conferir as postagens que rolaram?

Resenhas:

Prometo tentar ser mais eclética no próximo mês, ok?

Mas, para além das resenhas, eu trouxe o Tatianices recomenda [16] (livros para os desafios de junho), o citações #24 (com citações de De repente, nós) e o citações #25 (com citações de O pequeno príncipe), o post Como me formei leitora? (que fez muito sucesso no instagram) e as músicas Arioso da cantata 156 (de Bach) e O tempo não pára (Mariza).

Os livros que li em junho foram:

  • Uma casa no fundo de um lago (Josh Malerman);
  • A magia de Christian Luciano (Gredan Risolein);
  • Elo entre mundos (B. A. Polinari).

E ainda estou lendo:

  • Bell Tashi – O novo mundo (Giovani Gugiel);
  • E as estrelas, quantas são? (Giulia Carcasi).

Resumão de maio

Resumão de maio.png

Maio chegou ao fim e você não sabe se perdeu algum post por aqui? Então vem conferir o que rolou no blog durante o mês!

Resenhas:

Músicas:

Citações:

Recomendações:

E, para além do blog, esse mês eu li (pouco, bem pouco):

  • Guardião do medo (Michelle Pereira);
  • Leviatã (Boris Akunin);
  • Antologia do Humor russo – Arlete Cavaliere (org.) TERMINEI, FINALMENTE!!

E ainda estou lendo:

  • A magia de Christian Luciano — Gredan Risolein.

Resumão de Abril

Resumão de abril

Abril passou voando e vocês nem perceberam? Então venha conferir o que rolou por aqui durante esse período!

Logo no primeiro dia do mês eu trouxe a resenha de Meu menino vadio (Luiz Fernando Vianna). Depois, no dia 03/04, trouxe algumas citações de Quando a neve cair (Cinthia Sampaio) e no dia 05/04 contei a vocês uma história, em Um reconhecimento ao trabalho sério. A resenha do dia 08/04 foi do livro O apocalipse dos trabalhadores (valter hugo mãe) e depois, no dia 10/04, trouxe as recomendações de livros para os desafios de abril. Para fechar a semana, dia 12/04 publiquei o Papo sério: conversando sobre autores nacionais. Na semana da páscoa eu publiquei a resenha de A matemática das relações humanas (Aimee Oliveira, Clara Savelli, Bruna Ceotto e Bruna Fontes) e trouxe dicas de livros sobre o autismo, já que estávamos no abril azul. Dia 22/04 foi a vez da resenha de O colóquio dos cachorros (Miguel de Cervantes) e dia 24/04 trouxe citações de O demônio no campanário (Michelle Pereira). Para concluir a semana (e o mês), dia 26/04 mostrei para vocês a entrevista que fiz com o M. Pattal.

Abril não foi um mês de muitas leituras (a maioria das leituras abaixo foram curtinhas), mas foi um mês de muita betagem de livro, uma experiência que estou adorando. Os livros que posso contar como lidos foram:

  • O retorno do jovem príncipe (A. G. Roemmers);
  • O pequeno príncipe (Antoine de Saint-Exupéry);
  • De repente, nós (Tici Pontes);
  • O escritor (Dalton Menezes) — conto;
  • Próxima Parada (várias autoras — Duplo Sentido Editorial);
  • Chuva de Estrelas (Michelle Pereira) — conto;
  • Alegórico ser (Dalton Menezes) — conto;
  • Incógnitas (Dalton Menezes) — livro de aforismos.

E eu ainda estou lendo:

  • Antologia do Humor russo – Arlete Cavaliere (org) [always and forever]

Resumão – março de 2019

Resumão - Março

Depois de fevereiro, março parece um mês infinito. Vocês repararam que tivemos 5 sextas, sábados e domingos esse mês? Com certeza os foliões amaram isso. E, por falar nisso, agora o ano começou de verdade, hein?

Por aqui, tivemos bastante conteúdo, e começamos logo no dia 02/03, com recomendação de exposição. No dia 05/03 postei a resenha de Quando a neve cair, da querida Cínthia Sampaio. No dia 07/03 foi a vez de postar sobre livros escritos por mulheres, em homenagem ao Dia das Mulheres. Dia 12/03 postei a resenha de O cão que guarda as estrelas, de Takashi Murakami. No dia 14/03 foi a vez de contar sobre a TAG dos 10 livros e no dia 16/03 eu trouxe recomendações de livros para desafios literários. A resenha do dia 19/03 foi de Ensinando a Transgredir (bell hooks) e no dia 21/03 eu trouxe Citações de Adelphos. Em 25/03 postei a resenha de O demônio no campanário, da Michelle Pereira e, por fim, dia 27/03 postei o Tatianices Recomenda [12].

As leituras do mês não foram tantas (ao menos não por lazer, porque o mestrado esteve à toda por aqui…):

  • Amar, verbo intransitivo (Mário de Andrade);
  • As fases da lua (Cínthia Sampaio);
  • O demônio no campanário (Michelle Pereira)
  • Uma raposa que caça um urso (Adrielli Almeida) – conto;
  • A odalisca em mim (Cínthia Sampaio) – conto.

E eu ainda estou lendo:

  • Antologia do Humor russo – Arlete Cavaliere (org) [esse livro é imenso e vai aparecer mil vezes por aqui];
  • O retorno do jovem príncipe – A. G. Roemmers;
  • De repente nós – Tici Pontes

Resumão – fevereiro de 2019

resumão fevereiro 2019

Fevereiro é o mês mais curto do ano, mas também é o meu preferido (só porque tem meu aniversário). Já está na hora de conferir o que rolou por aqui esse mês, vamos nessa?

Comecei fevereiro anunciando o sorteio de 1 ano do blog (01/02) e escrevendo sobre A menina dos livros — Oliver Jeffers (05/02), além de responder a TAG: Felicidade é… (07/02). No dia 12/02 postei o resultado do sorteio de 1 ano do blog e no dia 14/02 falei sobre o livro do parceiro M. Pattal — Adelphos. No dia 19/02 trouxe o Tatianices Recomenda [8] e depois, no dia 21/02 divulguei meu artigo sobre Materiais didáticos de italiano como língua de herança. Por fim, chegamos ao dia 26/02 com uma resenha de A tentação da bicicleta — Edmondo De Amicis.

As leituras de fevereiro foram:

  • Italianos no mundo rural paulista – João Batista Borges Pereira;
  • Adelphos – M. Pattal;
  • O apocalipse dos trabalhadores – Valter Hugo Mãe;
  • A matemática das relações humanas – Aimee Oliveira, Clara Savelli, Bruna Ceotto, Bruna Fontes;
  • Quando a neve cair – Cinthia Sampaio.

E em andamento ainda tenho as seguintes leituras:

  • Antologia do Humor russo – Arlete Cavaliere (org);
  • Amar, verbo intransitivo – Mario de Andrade.

Assinatura

Resumão – Janeiro de 2019

Resumão - Janeiro

O primeiro mês de 2019 vai chegando ao fim e por aqui tivemos bastante conteúdo (ah, as férias!). Se você perdeu algo, essa é a sua chance de conferir tudo o que rolou!

A primeira postagem que fiz em 2019 foi a resenha de A memória do mar, de Khaled Hosseini, no dia 03/01. Na semana seguinte falei sobre a música Reza a lenda, da banda DNAIPES e sobre o livro O paraíso são os outros, de Valter Hugo Mãe. No dia 15/01 trouxe o Tatianices recomenda [7], com dicas de livros físicos por preços bem baixos,  e no dia 17/01 escrevi sobre o livro A teoria de Tudo (Jane Hawking). Depois, escrevi sobre a música Era um garoto que como eu (Engenheiros do Hawaii) e sobre o livro Da barca do inferno para um auto sem barca, de Marcia Capello. Por fim, minha última postagem, no dia 29/01, foi o primeiro vídeo-poesia que eu e meu namorado fizemos.

Durante o mês de janeiro também li de tudo um pouco:

  • A menina dos livros (Oliver Jeffers e Sam Winstom);
  • A tentação da bicicleta (Edmond De Amicis);
  • O colóquio dos cachorros (Miguel de Cervantes);
  • Meu menino vadio (Luiz Fernando Vianna);
  • O cão que guarda as estrelas (Takashi Murakami);
  • Fome (Knut Hamsun);
  • Ensinando a transgredir: a educação como prática da liberdade (bell hooks).

E as leituras que ainda estão em andamento são:

  • Adelphos (M. Pattal);
  • Italianos no mundo rural paulista (João Baptista Borges Pereira).

Assinatura

 

Resumão – dezembro

Resumão - dezembro

Dezembro chegou atropelando o primeiro que estivesse na frente e já está indo embora, levando consigo mais um ano. Com a correria, tive de pegar mais leve com o blog, o que, por outro lado, me fez variar um pouco mais nos conteúdos do mês. Vamos ver o que rolou por aqui?

Comecei o mês postando, no dia 04/12, a resenha de Linha Tênue, organizado por Alfer Medeiros. Depois, no dia 06/12, aproveitando o clima natalino, deixei minha Wishlist literária, para quem quisesse me presentear (rsrs). Na semana seguinte, no dia 11/12, trouxe a música Trem-bala e no dia 13/12 o Tatianices Recomenda [6], com diversos livros de contos/crônicas. No dia 18/12 trouxe para vocês o artigo O Sagrado e o Profano da Urbanidade: Borges – Análise do Poema “Carnicería” e no dia 20/12 trouxe a resenha de A cidade do Sol, de Tommaso Campanella. Para fechar o mês, dia 26/12 trouxe a música O bêbado e o equilibrista, de João Bosco e Aldir Blanc e dia 27/12 fiz um post especial com os livros que ganhei neste natal.

Com relação às leituras, dezembro pode parecer ter sido mais produtivo, mas a realidade é que livros são bem curtos (exceto o último, que foi uma leitura que vem desde novembro…):

  • A cidade do Sol – Tommaso Campanella;
  • A memória do mar – Khaled Hosseini;
  • O paraíso são os outros – Valter Hugo Mãe;
  • Da barca do inferno para um auto sem barca – Marcia Capella;
  • A teoria de tudo – Jane Hawking.

Como este é o último post do ano — para que os último dias de 2018 sejam curtidos com pessoas queridas — desejo a todos vocês um excelente 2019. Que seja um ano de coisas boas, sabedoria e paz. E que continuemos juntos! Obrigada por tudo, caros leitores <3

Assinatura